Internet

Netflix aceitará cartões pré-pagos para as mensalidades

Atualmente, só é possível assinar o Netflix se você possuir um cartão de crédito ou uma conta ativa no PayPal — lembrando que os créditos nessa plataforma podem ser pagos com cartões de débito e/ou boleto bancário. Entretanto, existe uma novidade bem interessante que vem sendo implementada no serviço de streaming mais conhecido, prometendo muita facilidade para os consumidores. Saiba mais! 🙂

Estamos nos referindo aos modelos de cartões pré-pagos para o Netflix. O sistema terá a sua estréia inicial no Reino Unido, onde os usuários podem comprar diferentes quantias — £ 15, £ 25 ou até £ 50 — para que as mensalidades sejam adicionadas previamente ao serviço. Eles podem ser utilizados por qualquer pessoa no Reino Unido e isso independe do plano contratado. Legal, não?

As aquisições desses cartões pré-pagos será possível em mercados, lojas de conveniência, dentre outros estabelecimentos — da mesma maneira que acontece com os cartões do Facebook, por exemplo. É claro que, o novo modo de pagamento ainda é limitado ao Reino Unido, sendo que não há previsão de quando a novidade chegará para outros países. Todavia, não deve demorar muito para chegar aos demais países, uma vez que o Netflix abrange diversos países com grandes potenciais.

Fonte: Engadget

  • Pedro Gouvea

    Muito legal, bacana mesmo! 🙂

Internet
@tfxbrasil

Meu nome é Juan de Souza, tenho 17 anos de idade, sou o Fundador e CEO do TFX Startup, uma empresa com serviços e projetos inovadores, com o foco no Brasil e em outros países da América.

Veja também outras matérias relacionadas a Internet:

Filmes que todo empreendedor deveria assistir no Netflix

Juan de Souza14/08/2016

Como compartilhar a internet via Wi-Fi no Windows 10

Juan de Souza30/07/2016

Tutorial: Como aprimorar o podcast no Audacity

Juan de Souza21/06/2016

HD vs. SSD – Qual é a melhor opção?

Juan de Souza25/01/2016

Crítica: Steve Jobs

Bernardo Hippert18/01/2016

Airbus testa com Uber transporte em helicópteros

Juan de Souza18/01/2016