Cinema

Resenha: Os pinguins de Madagascar

Surgidos inicialmente na animação Madagascar (2005), os quatro pinguins alucinados cheio de planos misteriosos e com soluções de última hora estão de volta! Contudo, o novo filme “Os pinguins de Madagascar” deixa claro que os personagens ainda continuam ótimos, mesmo após 10 anos. O filme “Os pinguins de Madagascar” uni tudo o que há de bom nos personagens para as telas de cinema. Confira o resultado final!

Os pinguins de Madagascar Filme
Fonte da imagem: DreamWorks Animation

Dirigido pelo tradicional Eric Darnell (responsável também pelo Madagascar) e por Simon J. Smith, os Pinguins de Madagascar revela, desde o princípio, um problema fundamental (sim!): Capitão, Rico, Recruta e o Kovalski, os quais são ótimos em tiradas rápidas, mas sem fôlego para tramas um pouco mais desenvolvidas.

Isso fica ainda mais claro graças à estrutura bem “focada” do roteiro, composto por uma gama muito ampla de diversão e intervenções extras, as quais estão interligadas aos pinguins. Contudo, os realizadores do filme adicionaram o maior número que foi possível de coadjuvantes igualmente carismáticos, independente de serem inimigos ou não.

Resenha do Os pinguins de Madagascar
Fonte da imagem: DreamWorks Animation

Em um resumo: Um cientista decide que quer conquistar o mundo e, para isso, precisa eliminar de uma vez por todas os nossos pinguins. O argumento, utilizado para entreter o público é clássico. Porém, esse título chega a ser bem engraçado, pois como descobrimos no princípio, eles são da Antártida, e depois foram para a cidade de Nova York, tendo passado rapidamente por Madagascar.

Ainda menores, o grupo de pinguins se forma e toda a equipe parte em busca de emoções ao redor do mundo. Entretanto, o que os mesmos não haviam percebido é que a sua extrema fofura era motivo de inveja de outros animais. Com isso, até mesmo os animais do Zoológico não despertaram interesse no polvo (Dave). Isso fez com que a sua sede por vingança se elevasse. Desse modo, a sua vingança terminará quando transformar todos os pinguins ao redor do globo em bestas assustadoras e terríveis.

Resenha dos pinguins de Madagascar
Fonte da imagem: DreamWorks Animation

Com a enorme presença dos pinguins, já era bem divertido e engraçado. Porém, adiciona-se, no entanto, uma outra equipe considerada de elite, o Vento do Norte, composta por um urso polar, uma raposa, uma coruja branca e uma foca. E entre os momentos de cooperação mútua e competição extrema, os dois times terão que decidir como vencer a ameaça, ao mesmo tempo em que cada integrante da equipe terá de encontrar o seu verdadeiro lugar e o real valor de suas ações.

De qualquer modo, Os Pinguins de Madagascar é um filme movimentado e dinâmico – a perseguição pelas ruas de Veneza (Venice), por exemplo, é incrível (mesmo sem a turma do Vento do Norte). O filme chega com o propósito de trazer diversão, ação e aventura a pessoas de todas as idades e, a primeira impressão que temos, é que esse aspecto foi muito bem explorado por parte da DreamWorks Animation, fazendo com que o filme fique equilibrado (sem exageros) e, ao mesmo tempo, divertido.

Resenha do Os pinguins de Madagascar
Fonte da imagem: DreamWorks Animation

Os Pinguins de Madagascar, por sua vez, teve uma produção muito bem trabalhada em diversos aspectos. Para se ter uma ideia de perspectiva, o filme já arrecadou em todo o mundo mais que o dobro do seu orçamento inicial, de US$ 132 milhões. Dessa forma, é bem provável que tenhamos mais obras no mesmo estilo muito em breve, o que, de fato é um excelente trabalho da DreamWorks.

Nossa Opinião
  • Enredo - 9.3/10
    9.3/10
  • Animação - 10/10
    10/10
  • Direção - 9.1/10
    9.1/10
  • Dublagem - 9.5/10
    9.5/10
  • Trilha Sonora - 8.7/10
    8.7/10

Conclusão

O Capitão, Kowalski, Recruta e o Rico, a elite do pinguins de Madagascar estão de volta! Dessa vez, eles são capturados em uma missão que tinha como objetivo presentear o integrante mais novo, o Recruta em seu aniversário.

Entretanto, eles caem nas garras do Dave, que se sentiu muito prejudicado pelos pinguins em um passado distante. Agora, eles vão ter que impedir que o maléfico plano do vilão: se vingar do mundo todo. Porém, os pinguins terão que unir forças com uma especializada equipe tecnológica, o Vento do Norte. Com isso, o Recruta tenta provar seu valor como "agente especial" do time de pinguins, só que acaba se metendo em confusão.

Os Pinguins de Madagascar entrega exatamente o que foi proposto, diante todo o seu público fã da franquia. A história principal não é necessariamente nova. Contudo, o filme já arrecadou mais que o dobro do seu orçamento, o que em contrapartida, significa que possivelmente, vamos ver novas obras do tipo, com o excelente trabalho da DreamWorks Animation.

9.3/10

Imagem: Ultra HD Wallpapers

  • Pedro Gouvea

    Eu achei esse filme IRADO! Assisti no cinema no início do ano; mas comprei em Blu-Ray, para assistir novamente, haha 🙂

  • Sonia Maria Custodio

    Amo esse tipo de filme e, lendo seu artigo, vejo que minha paixão também é compartilhada por você. Parabéns!

  • Peter Ribeiro

    esse filme eh muito massa! diversao garantida!

Cinema
@tfxbrasil

Tenho 18 anos, Fundador & CEO do TFX Startup, uma empresa com produtos, serviços e projetos inovadores. Meu primeiro empreendimento foi aos 10 anos utilizando conexão dial-up (discada).

Veja também outras matérias relacionadas a Cinema:

Crítica: Moana

Juan de Souza06/01/2017

Crítica: Rogue One – Uma História Star Wars

Juan de Souza17/12/2016

Curiosidade: As cenas reutilizadas da Disney

Juan de Souza18/10/2016

Crítica: Meu Amigo, o Dragão

Juan de Souza02/10/2016

Filmes que todo empreendedor deveria assistir no Netflix

Juan de Souza14/08/2016

Crítica: Esquadrão Suicida

Juan de Souza05/08/2016