Cinema

Nostalgia: Harry Potter

Há exatos 15 anos, surgia a ideia de criar uma das maiores séries do mundo: Harry Potter. A trama se resume sobre o menino que sobreviveu começava a ser adaptada para as telonas. A mídia internacional e uma legião de fãs da história criada por J.K. Rowling acompanharam, no dia 21 de agosto de 2000, ao anúncio do diretor Chris Columbus e do produtor David Heyman: eles finalmente haviam descoberto quem viveria o trio de protagonistas da saga Harry Potter.

Filme Harry Potter 2001
Fonte da imagem: Harry Potter Official

O interessante é que, entre milhares de crianças que se inscreveram para os papéis da franquia, Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint, até então desconhecidos pelo grande público, ganharam a chance de suas vidas e fizeram seu nome no mundo do cinema como os bruxos mais queridos da ficção, eternamente conhecidos como intérpretes de Harry, Hermione e Rony.

Harry Potter e a Pedra Filosofal

“Jatos de luz verde”. Essa era a única coisa que de fato Harry Potter se lembrava sobre o seu passado, pois quando ainda era bebê, ele havia sido entregue aos cuidados de seus tios, os Dursley. Contudo, sua tia Petúnia e seu tio Válter nunca tinha lhe contado a verdadeira história sobre o seu passado, fazendo Harry acreditar que realmente tinha perdido seus pais durante um acidente de carro.

Em “Harry Potter e a Pedra Filosofial”, um bebê é deixado na porta dos Dursley, com uma única carta que explicava quem ele era e quais eram os motivos de sua sobrevivência. Petúnia e Válter eram as pessoas mais “normais”, eles não compactuavam com absolutamente nada sobrenatural ou estranho, nada que estivesse além dos limites da normalidade.

Harry Potter Resenha Geral
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Por esse motivo, Harry Potter acabou crescendo sem conhecer a sua verdadeira história e, respectivamente, a sua origem, acreditando que havia perdido os pais em um acidente. Como se não bastasse o jovem Potter não conhecer a sua verdadeira história, Dursley o tratava como um verdadeiro “lixo”. Para se ter uma ideia, Harry Potter era obrigado a viver com o mínimo, além de ser obrigado a fazer os serviços domésticos.

Harry Potter cresceu como qualquer pessoa de sua idade, levando uma rotina absolutamente “normal”, exceto por alguns pequenos detalhes, como as coisas que ele fazia com as pessoas que o chateavam. Contudo, Potter não compreendia o porquê desses eventuais acontecimentos.

Porém, em um certo dia, uma carta chegou à casa dos Dursley. Era uma carta destinado a Harry Potter. Ele nuncia recebia cartas, e não teve nem tempo de vê-la, pois seus tios não o deixavam ler. Entretanto, os dias foram passando e mais e mais cartas iguais chegavam à casa deles. Entretanto, em um momento não esperado, a casa é bombardeada por cartas. Com isso, o tio Válter não aguentou mais, e decidiu levar Potter para um local afastado, para quem não fossem mais perturbados.

Harry Potter Nostalgia
Fonte da imagem: French Girl in Seattle

Por fim, Harry Potter estava morando em um casebre horrendo junto com os Dursley. Para seu tio, havia uma imensa esperança de que as cartas iriam parar de chegar de uma vez por todas. Mas, naquela noite, alguém batia na porta, querendo entrar. Todos se assustaram, e de repente, surge deles um homem gigantesco.

Hagrid, o gigante homem, contou a Harry toda a sua verdadeira história, quem era e como acabou nas mãos de Dursley. Com isso, justamente quando Harry Potter completava seus 11 anos de idade, ele descobriu que havia derrotado o “bruxo das trevas” mais poderoso de todos os tempos, mesmo sem se lembrar absolutamente de nada. Harry Potter era um “bruxo”, mal sabia que ele mesmo era muito famoso no mundo da magia. E como tal, deveria ser educado em uma escola adequada, isto é, em uma escola de bruxos.

Com isso, o gigante Hagrid leva Harry Potter para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde Harry Potter além de aprender os feitiços e as poções, irá conhecer Hermione e Rony, os quais informamos no começo da nossa matéria. Além disso, Harry Potter irá descobrir muitos mistérios que rondam a sua história e salvar o mundo mágico da terrível volta de um bruxo das trevas poderoso.

Harry Potter e a Câmara Secreta

Durante um certo período, Harry ficou de férias, que não foi das melhores. Mesmo intrigado com o aviso de um misterioso elfo doméstico, ele volta à escola, onde além de ter que aguentar o professor de Arte das Trevas, Gilderoy Lockhart, além de suportar os incômodos de um garoto que só pensava em fotografá-lo.

Para variar, Harry ainda tinha que “desviar” a atenção da obcecada Gina. Mas, certamente, isso é pouco comparado com as misteriosas petrificações que assustam alguns professores e até mesmo os alunos.

Os Dursley foram tão ruins durante as férias que Potter mal esperava poder voltar à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Entretanto, pouco tempo antes disso acontecer, uma misteriosa criatura invadiu (literalmente) o seu quarto. No caso, se tratava de um elfo doméstico conhecido como Dobby, ele estava muito aterrorizado com a ideia de que Harry Potter iria voltar à Hogwarts.

Harry Potter Elfo
Fonte da imagem: Harry Potter Official

O elfo tentou convencer Harry a todo custo, dizendo que se ele fizesse isso, coisas terríveis iriam acontecer, e que estaria mais protegido se resolvesse ficar com os tios. Mas, obviamente, Potter não aceitou de nenhuma forma a proposta do elfo. Por ver que não estava convencendo Harry, Dobby, o elfo, acaba provocando um pequeno caos na casa dos Dursley, e Harry Potter acaba levando a “culpa” por isto.

Irritados, os seus tios o proíbem de voltar à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Os dias se passaram, e quando Potter já perdia as suas esperanças, os irmãos Weasley o resgatam da prisão, levando-o para a casa deles, uma espécie de “Toca”.

Harry ficou muito feliz durante sua estada na Toca. Contudo, já era hora de voltar à escola. Mesmo tendo enfrentado uma detenção, logo no início do ano letivo, por ter andado com um carro voador e exposto o mundo mágico, as preocupações pareciam ganhar cada vez mais força.

Amizades de Harry Potter
Fonte da imagem: French Girl in Seattle

Contudo, após Harry chegar à Hogwarts, alguns estudantes aparecem inexplicavelmente “petrificados”, e todos na escola ficam, de fato, aterrorizados com o ocorrido. Quem estaria por tás desses ataques? É isso que Harry e seus amigos terão de descobrir, mas com muita cautela.

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

As aulas estão voltando em Hogwarts! Com isso, Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à sua escola. Novamente, suas férias com os seus tios, foi triste e solitário. Dessa vez, o seu tio, Válter, estava especialmente irritado com ele, porque o seu amigo Rony tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer tipo de ligação de Harry com o mundo dos “mágicos” dentro de sua respectiva casa.

A situação ficou ainda pior para Harry ainda mais com a chegada da tia Guida, irmã de Válter. Harry Potter, de fato, já estava “acostumado” a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry Potter, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não aguentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal.

Harry Potter Azkaban
Fonte da imagem: Harry Potter Official

No Beco Diagonal, Harry Potter acaba reencontrando Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para a sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Potter descubra, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort.

Sob a forte escolta, Harry é levado para Hogwarts. Na escola, as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória final. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry.

Resumão Harry Potter
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais. Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry Potter.

Harry Potter e o Cálice de Fogo

Agora estamos no Verão e, Harry Potter, está com 14 anos de idade. Contudo, Harry sente a sua cicatriz arder durante um sonho bastante real com Lord Voldemort, o qual não consegue esquecer; após três dias, já em companhia da família Weasley, com quem foi passar o restante das férias, na final da Copa Mundial de Quadribol, os seguidores da Morte, reaparecem e alguém conjura a “Marca Negra” – o sinal de Lord Voldemort – projetando-a no céu pela primeira vez, causando pânico no grupo mágico.

O ano letivo já começa bem agitado para Harry e seus amigos. Harry Potter volta para à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts para cursar a sua quarta série. Contudo, diante seus fatores, há alguns acontecimentos um tanto quanto “inesperados” – como, por exemplo, a presença de um novo professor de Defesa contra as Artes das Trevas e um evento fantástico promovido na escola – aumentando os ânimos dos estudantes.

Resenha Harry Potter Cálice de Fogo
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Ninguém esperava, mas, não haverá a tradicional “Copa Anual de Quadribol” entre Casas. O mesmo será substituído pelo Torneio Tribuxo, uma competição amistosa entre as três maiores escolas europeias de bruxaria — que não se realizava há mais de um século. A competição é dividida em diversas tarefas, cuja finalidade é testar a coragem, o poder de dedução, a perícia em magia e a capacidade de enfrentar o perigo dos campeões.

Liderados pelo professor Dumbledore, os alunos de Hogwarts terão de demonstrar todas as habilidade mágicas e não-mágicas que vêm adquirindo ao longo de suas vidas.

Harry Potter e o Cálice de Fogo
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Apesar de alunos menores de 17 anos não poderem se inscrever no Torneio, inexplicavelmente Harry é escolhido pelo Cálice de Fogo, um grande copo de madeira toscamente talhado cheio até a borda com chamas branco-azuladas, para competir como um dos campeões de Hogwarts.

Harry Potter e a Ordem da Fênix

Agora é oficial: Harry Potter chega à adolescência. E, junto com as transformações desta época tão importante, vive seus dias mais “sombrios” na escola de magia de Hogwarts. Contudo, Harry Potter ainda continua sofrendo a rejeição dos Dursley, sua estranhíssima família no mundo dos trouxas, isto é, todos os que não são bruxos. Também continua contando com Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras.

Como sabemos, “Harry Potter” foi transformado em celebridade no mundo da magia por ter derrotado, ainda bebê, Voldemort, o todo-poderoso bruxo das trevas que assassinou os seus pais. Em “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, o protagonista, numa crise comum da adolescência, tem ataques de mau humor, com a perseguição da imprensa, que o segue por diversos lugares e chega a inventar declarações que ele nunca deu.

Harry Potter e a Ordem da Fênix
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Com isso, Harry Potter vai enfrentar diretamente as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. Mesmo sem a presença do seu real protetor, Harry Potter enfrentará com descobertas sobre a personalidade “controversa” de seu pai, Tiago Potter, e a já anunciada morte de alguém muito próximo. O desaparecimento de um dos personagens centrais é um dos triunfos de “Harry Potter e a Ordem da Fênix” que, com isto, transforma-se na sequência mais dramática da série até agora.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

“Harry Potter e o Enigma do Príncipe” proporciona uma “grande” continuidade à saga do jovem Harry Potter, a partir do ponto onde o filme anterior parou, o momento em que fica provado que o poder de Voldemort e dos Comensais da Morte, seus seguidores, cresce mais a cada dia que se passa, em meio à batalha entre o bem e, respectivamente, o mal. A onda de terror provocada pelo Lorde das Trevas estaria afetando, até mesmo, o mundo dos trouxas (ou: não-bruxos), e sendo agravada pela ação dos dementadores, isto é, criaturas mágicas aterrorizantes que “sugam” a esperança e a felicidade das pessoas.

Por outro lado, Harry Potter acaba de completar 16 anos, seguindo ao sexto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, animado e, ao mesmo tempo, “apreensivo” com a perspectiva de ter aulas particulares com o professor Dumbledore, o diretor da escola e o bruxo mais respeitado em toda comunidade mágica.

Harry Potter e o professor Dumbledore
Fonte da imagem: Harry Potter Official

Ainda sim, Harry Potter, longe de ser aquele menino que vivia no quarto debaixo da escada na casa dos tios, é um dos principais nomes entre aqueles que lutam contra Voldemort, e se vê cada vez mais fechado à medida em que os rumores de que ele é “O Eleito”, o único capaz de derrotar o Lorde das Trevas, se espalham pelo mundo bruxo. Dois atentados contra a vida de estudantes, a certeza de Harry quanto ao envolvimento de Draco Malfoy com os Comensais da Morte e o comportamento de Snape, suspeito de adicionar ainda mais tensão ao já inquietante período.

Apesar disso, Harry e os seus amigos são adolescentes típicos: correm das aulas para os treinos de Quadribol, dividem tarefas escolares, e dormitórios bagunçados. Em “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, Rony e Hermione, os melhores amigos de Harry Potter, se dão conta da atração que sentem um pelo outro; Harry e Gina, a irmã mais nova de Rony, igualmente.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”, a sétima e última aventura da série Harry Potter, foi uma das estreias mais aguardadas nos cinemas em 2010, uma história que será contada em dois longas-metragens. Na Parte 1, Harry, Hermione e Ron iniciam uma missão, um tanto quanto perigosa, para encontrar e destruir de uma vez por todas o segredo da imortalidade e destruição de Voldemort. Sozinhos (sim!), sem a orientação de seus mentores ou até mesmo sem a proteção do Professor Dumbledore, os três amigos agora dependem um dos outros mais do que nunca. Porém, no caminho estão Forças das Trevas que ameaçam acabar com eles.

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1
Fonte da imagem: Big Screen NZ

Enquanto isso, o mundo da magia se tornou um local muito perigoso para todos os inimigos do Lorde das Trevas. A tão aguardada guerra com temor já começou, e os Comensais da Morte de Voldemort tomaram o controle do Ministério da Magia e até mesmo de Hogwarts, assustando e capturando qualquer um que se oponha a eles. Mas eles ainda buscam o prêmio de maior valor para Voldemort: Harry Potter.

Para Potter, a única esperança é localizar as Horcruxes antes de ser encontrado por Voldemort. Mas, à medida que Harry procura por pistas, ele descobre uma lenda muito antiga e quase esquecida — a lenda das Relíquias da Morte. Por outro lado, se lenda for verdadeira, isso poderia dar a Voldemort o imenso poder que ele tanto procura.

Harry Potter nem imagina que o seu futuro já foi decidido pelo seu passado, quando naquele dia fatídico, ele se tornou “o Menino que Sobreviveu”. Não apenas um menino, Harry Potter está cada vez mais próximo da tarefa para a qual está se preparando desde o primeiro dia em que pisou em Hogwarts: a batalha final com Voldemort.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

Em “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”, Hogwarts está sob ruínas, Harry, Ron e Hermione continuam a busca incessante pelas Horcruxes, objetos que garantem a imortalidade de Voldemort. Durante esta missão, Voldemort e toda a sua tropa confrontam diretamente com os bruxos de Hogwarts. Como se trata da parte final de “As Relíquias da Morte”, algumas pontas soltas são unidas: cada um dos personagens tem seus destinos definidos e Harry Potter finalmente enfrentará seu maior oponente ao mesmo tempo em que mistérios sobre a sua origem são revelados, o que torna a parte final imperdível.

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
Fonte da imagem: Harry Potter Wiki

E chega ao fim uma das sagas mais bem sucedidas da indústria cinematográfica. Ao todo, foram oito filmes, num espaço de dez anos, que conquistaram uma geração de fiéis de fãs. Contudo, por mais que alguns desses filmes não sejam tão bons aos olhos de quem não é fã, a franquia “Harry Potter” foi ganhando cada vez mais espaço e respeito com o passar dos anos e, à medida que seus personagens amadureciam, é claro.

Se você é fã da franquia, não deixe de conferir essas ofertas em nossa loja:

E você, sentiu falta da série? Compartilhe a sua opinião conosco! :)

Imagem: Hdwpics

  • Marcos Garcia

    Gostei, gostei muitoo!

    pOsso copiar um pequeno trecho do artigo “nostalgia: harry potter” para meu blog e adaptar numa prova do colégio em Pernambuco ?

Cinema
@tfxbrasil

Meu nome é Juan de Souza, tenho 17 anos de idade, sou o Fundador e CEO do TFX Startup, uma startup com serviços e projetos inovadores, com o foco no Brasil e em outros países da América.

Veja também outras matérias relacionadas a Cinema:

Crítica: Moana

Juan de Souza06/01/2017

Crítica: Rogue One – Uma História Star Wars

Juan de Souza17/12/2016

Curiosidade: As cenas reutilizadas da Disney

Juan de Souza18/10/2016

Crítica: Meu Amigo, o Dragão

Juan de Souza02/10/2016

Filmes que todo empreendedor deveria assistir no Netflix

Juan de Souza14/08/2016

Crítica: Esquadrão Suicida

Juan de Souza05/08/2016