Games

Review: Forza Motorsport 6

Durante a E3 desse ano, a Microsoft exibiu o primeiro trailer oficial de Forza Motorsport 6. Durante o evento, um Ford GT desceu no meio do anfiteatro da apresentação para ressaltar a grande parceria com a Ford. A empresa vai acrescentar o veículo ao game, além de outros modelos da montadora, como a caminhonete F-150 Raptor e o Shelby GT 350. Será que o game cumpre com o que foi prometido? Descubra a resposta! 🙂

Análise Forza 6 Brasil
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Convenhamos, nada melhor do que poder acordar de manhã, abrir a janela e dar de cara com o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, e o belo mar do nosso Rio de Janeiro. Melhor ainda é, com tudo isso, poder ir para a sua garagem e em um dia ter um Lancer Evolution 1998 turbinado e, no outro, um Ford Super GT 2017 que ainda nem foi lançado e ter a Cidade Maravilhosa como “background”. Forza Motorsport 6 traz exatamente isso.

Além do visual realista, há uma variedade enorme de veículos e de cenários que retratam vários locais ao redor de todo o mundo. Além disso, o game consegue apresentar uma simulação digna e próxima do que é dirigir um carro de passeio ou de corrida em alta velocidade (300 km/h, que tal?).

“Forza Motorsport 6”, chega com diversas corridas na chuva e durante a noite com um nível muito maior do que Forza Horizon 2, por exemplo. Tudo foi feito com elementos impecáveis, que deixam Forza Motorsport 6 com a experiência mais próxima de se dirigir carros na vida real.

Análise Forza 6 no Xbox One
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Como já é tradição, Forza, é um game de corrida que traz a oportunidade de pilotarmos os carros mais aclamados do mundo em altíssima definição. Como sabemos, a Turn 10 Studios é bem caprichosa e apaixonada por motores, pneus e combustível, o qual consegue levar essa experiência ao limite, de fato.

Com Forza Motorsport 5 no Xbox One, o estúdio trouxe a simulação com materiais realistas, como, por exemplo, asfalto ou pedra. Outro ponto elogiado é a parte interna do veículo, isto é, a parte da construção da máquina a ser pilotada (alumínio, plástico e couro, aço, por exemplo). Com Forza 6, tudo está ainda melhor e dinâmico com 1080p de resolução rodando a 60 quadros por segundo.

É possível ver cada parte do seu veículo, ainda mais usando o modo Forzavista, que permite “namorar” os carros, ver os parafusos das rodas, a costura do banco de couro, as pastilhas dos freios, as ranhuras do motor, os pequenos pontos de pigmentos de tinta que formam a cor da lataria da caranga.

Análise Forza 6 Modo Noturno
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Forza 6 é uma declaração de amor aos motores, à queima de combustível e à aderência dos pneus. Tudo é criado com muito cuidado, fazendo do game o mais próximo que você pode chegar de dirigir carros que custam mais de R$ 1 milhão e de conseguir sentir o que é estar dentro de cada um deles.

Para teve a oportunidade de jogar a versão demo, liberada no dia 1º de setembro, o início do jogo não será uma grande novidade evidente: você será colocado diretamente em uma corrida no novo circuito do Rio de Janeiro a bordo do carro futurista, o Ford GT 2017. Ela serve para lhe mostrar um pouco das novas mecânicas do game, com todas as assistências ligadas, e também para demonstrar o belíssimo visual do jogo (de verdade).

Após a breve apresentação, é que a estrutura do novo modo carreira é apresentada a você: ao todo são cinco volumes com diversas séries dentro de cada um deles. O desenrolar de tudo é pautado em “histórias do automobilismo”, e as introduções gerais de cada volume, servem, para explicar a criação e o vínculo do ser humano com os carros, desde o primeiro veículo até as sonhadas competições no papel de um piloto profissional, já que agora é possível escolher o gênero do seu representante.

Review do Forza 6
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Em Forza Motorsport 6, há também, um modo que serve para fazer uso das diversas categorias presentes no Forza. Entre veículos de rua e até mesmo os carros de competição. Além disso, é possível localizar veículos de campeonatos de Turismo, Muscle cars, Esportivos, Monopostos, como, por exemplo, a Fórmula 1 ou a IndyCar 2015 das décadas de 1960 e 1970, ou ainda carros que deixaram sua marca no mundo automobilismo – cada um tem o seu espaço garantido durante a evolução da história.

Caso a carreira de Forza Motorsport 6 não seja o suficiente para suprir a demanda por horas e mais horas de pilotagem, o game conta ainda com os “eventos de exibição”, que são desbloqueados à medida que o player avança, por exemplo. Nestas modalidades, você poderá passar por diversas situações, que vão desde corridas de Endurance, Autocross, Eventos históricos – como as tradicionais 500 Milhas de Indianápolis, ou ainda, outros desafios variados, como os que envolvem o personagem Stig da série norte-americana Top Gear.

Forza 6 Análise em português
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Contudo, Forza Motorsport 6 apresentou uma leve melhora – mesmo que de forma mais “contida” – em pontos nos quais a série sempre se destacou: o visual e o som, que são, ambos impecáveis.

Em questões visuais (gráficas) Forza continua com um nível de detalhes incrível, e é possível perceber que houve uma evolução, principalmente em itens de iluminação e algumas texturas de reflexo, por exemplo. O que parece ter influência direta nisso é a introdução das corridas noturnas e também a chuva – tudo rodando em 1080p e a 60 FPS, com 24 carros no grid e sem demonstrar qualquer problema de ter uma queda de frames.

Além disso, os carros apresentam uma gama espetacular de detalhes, o que era esperado para o título, especialmente no modo Forza Vista, em que é possível admirar cada um deles de forma minuciosa (muito bom!). Os veículos contam com a customização extensa que, também é uma marca registada da franquia: desde as pinturas criadas pela comunidade do game até a troca de motores e transmissão dos veículos.

Forza 6 Análise em português
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Uma excelente notícia aos admiradores dos motores da série Forza: o Forza 6 manteve a qualidade magnífica vista em seu antecessor. Com isso, Forza Motorsport se tornou uma experiência única e épica de pilotar um Mazda MX-5 preparado para as pistas. O som dos pneus no limite da aderência, além do som do motor e as pequenas explosões nas reduções de marchas são uma verdadeira sinfonia e uma maravilhosa obra de arte. O mais interessante ainda é ouvir a agitação vinda das arquibancadas, quando você aponta na reta dos boxes, é algo que contribui (e muito!) com a imersão do game.

Entretanto, nem tudo é perfeito. Quando se trata da parte de Forza Motorsport 6, podemos dizer que o mesmo deixa um pouco a desejar. É perfeitamente compreensível que o apelo do game seja completamente diferente do da linha Horizon (confira o review!) – que conta com uma trilha sonora fantástica –, mas as músicas épicas e com pegada clássica parecem sair completamente de sintonia em determinadas situações.

Forza 6 Review Brasileiro
Fonte da imagem: Xbox Oficial

As pistas presentes no Forza 6 também são um espetáculo visual à parte, e não ficam aquém dos veículos, por exemplo. Todas as pistas são extremamente detalhadas, além de possuírem aspectos que fazem com que sejam mais do que apenas o cenário das corridas: as folhas caindo sobre a pista ou a fumaça das churrasqueiras que beiram o sinuoso ponto são excelentes exemplos.

Podemos, inclusive, ressaltar e elogiar as variações dia/noite/chuva, que foram os grandes destaques do game, com a possibilidade de corridas durante a noite ou durante a chuva. Infelizmente, não é possível correr com as duas condições simultaneamente e elas também não acontecem de forma dinâmica.

Apesar disso, as variações foram muito bem inseridas ao game: as corridas chuvosas e noturnas são autênticas e desafiadoras ao jogador. Correr durante a noite é ter a oportunidade de sentir nas mãos o que grandes pilotos que disputam sentem ao cruzar uma reta a mais de 350 km/h.

Forza 6 Análise Completa
Fonte da imagem: Xbox Oficial

A condição “chuvosa” para certas pistas merece um destaque especial, pois, além do excelente efeito visual (gráficos), um dos grandes diferenciais inovadores que Forza Motorsport 6 trouxe foram as poças 3D e o impacto da chuva na física do game. É bem interessante lidar com a aderência na pista molhada é desafiador e exige muito cuidado na condução, dando abertura para uma nova abordagem.

Contudo, os desenvolvedores fizeram um trabalho fantástico de pesquisa nos circuitos para verificar onde e de que modo ocorre o acúmulo de água na pista, trazendo tudo da forma mais fiel possível para dentro do game. No entanto, as poças não são geradas de forma procedural: elas não aumentam nem diminuem de acordo com a intensidade da chuva ou com o andamento da corrida, algo que deve ser mudado com alguma atualização futura.

Tudo sobre Forza 6 Análise
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Como é tradição na franquia Forza, existe um incentivo em forma de bônus adicional para cada auxílio, que é desligado e para cada nível de dificuldade dos drivatars que é aumentado. Inclusive, se o player se sai muito bem constantemente, o game logo sugere aumentar o nível dos adversários, para poder deixar as coisas mais interessantes – e lhe garantir mais dinheiro.

A inteligência artificial inserida no game continua com um excelente e pontual desempenho, e deixa a experiência mais orgânica e dinâmica: eles adotam linhas defensivas, disputam posições, e de ataque e podem cometer erros que qualquer pessoa poderia cometer, como atrasar demais uma freada ou exagerar na aceleração em uma saída de curva. Tudo isso contribui para tornar as coisas mais incríveis em Forza Motorsport 6.

Sobre Análise de Forza 6
Fonte da imagem: Xbox Oficial

Além das modalidades comuns, Forza Motorsport 6 agora conta com o sistema inteligente e integrado de Ligas, outra novidade super bem-vinda para os fãs mais frenéticos ao game. Nele, os players poderão participar de competições que ficarão disponíveis durante uma semana, e que, a cada semana será atualizado, mantendo sempre o jogador com novidades e desafios fantásticos.

Na conclusão de cada modalidade, será dada uma pontuação de acordo com a performance do piloto, que são baseada na posição final em cada evento e também em aspectos como a quantidade de colisões, por exemplo. Os pontos servirão para linear o jogador em uma divisão em que ele passará a competir com jogadores que apresentam um comportamento similar: seja agressivo demais e você jogará com outros que também gostam de um pouco mais de “contato” dentro da pista.

Nossa Opinião
  • Gráficos - 10/10
    10/10
  • Jogabilidade - 10/10
    10/10
  • Áudio - 9.2/10
    9.2/10
  • Multiplayer - 9.9/10
    9.9/10
  • Diversão - 10/10
    10/10

Conclusão

Aprimorando cada vez mais o sucesso de Forza Motorsport 5, seu sucessor conta com um catálogo de mais de 450 veículos, além de pistas baseadas em 26 localidades do mundo real, incluindo o Rio de Janeiro, Brasil. Por fim, o game também possui suporte a corridas com até 24 jogadores simultâneos, tornando a jogatina ainda mais divertida para os gamers.

É válido ressaltar, no entanto, que a Turn 10 Studios parece ter melhorado bastante e conquistado uma posição bem interessante, já que o principal rival da série, Gran Turismo (!), ainda precisa ser anunciado para a nova geração, o que deve ocorrer só em 2016. Contudo, a chegada de Project CARS e o anúncio de Assetto Corsa, fazem com que a concorrência seja evidente, e benéfica aos jogadores e fãs da franquia.

O game em si é sensacional, uma excelente evolução do seu antecessor por sinal, mas a Turn 10 pode torná-lo ainda melhor, com a correção de alguns pontos abordados pelos jogadores. É o caminho para fazer Forza Motorsport 6 passar de um dos melhores jogos de corrida da atualidade, senão o melhor, para a experiência definitiva em termos de automobilismo nos consoles de nova geração.

Para comprar, clique em nossa loja abaixo:

RecantoShop

9.8/10

Imagem: Xbox Wire

Games
@tfxbrasil

Meu nome é Juan de Souza, tenho 17 anos de idade, sou o Fundador e CEO do TFX Startup, uma empresa com serviços e projetos inovadores, com o foco no Brasil e em outros países da América.

Veja também outras matérias relacionadas a Games:

Review: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Juan de Souza04/07/2017

Review: Carros 3: Correndo para Vencer

Juan de Souza22/06/2017

Os 8 bugs mais esquisitos da história dos games

Juan de Souza12/06/2017

Os maiores clássicos do Super Nintendo

Juan de Souza01/06/2017

The Legend of Zelda: veja as curiosidades

Juan de Souza19/05/2017

Nostalgia: Nintendo 64

Juan de Souza12/05/2017