Games

Review: Super Mario Maker

Um dos lançamentos mais aguardados para o Nintendo Wii U chegou esse ano, o Super Mario Maker, chegando bem a tempo das comemorações de 30 anos de vida do mascote da Nintendo. Com base de construção de cenários, o game oferece muito mais do que ferramentas para que os players utilizem os elementos criados pela companhia japonesa e deem asas às imaginações. Descubra se vale a pena comprar o game!

Análise: Super Mario Maker
Fonte da imagem: Nintendo

Baseado em conceitos simples e uma utilização (finalmente) genial do GamePad do console, o novo game da Nintendo merece espaço na prateleira de qualquer fã de jogos de plataforma. Muito disso se deve ao fato de que, após chegar às prateleiras, o título já conta com uma comunidade gigantesca de usuários, o que alimentou seus servidores com uma quantidade praticamente infinita de conteúdos.

Se você já é um fã da Nintendo ou simplesmente aprecia bons games, é difícil não admirar o trabalho que a companhia apresenta em Super Mario Maker. Utilizando alguns dos melhores elementos da série e aprimorando ideias apresentadas em outros títulos, o game pode ser considerado o melhor híbrido entre criador e central de fases disponível atualmente no mercado mundial.

Super Mario Maker Nintendo Análise
Fonte da imagem: Nintendo

Grande parte do seu tempo em Super Mario Maker será passada no criador de fases do jogo, que oferece uma quantidade variada de ferramentas, liberadas de forma gradual. Inicialmente, você está restrito à criação de cenários simples baseados no Super Mario Bros original e na versão New Super Mario Bros para Wii U, os universos de Super Mario Bros 3 e Super Mario World também são liberados.

Como tradição, a Nintendo optou por menus organizados de forma bem simples e dinâmica: uma fileira de elementos que podem ser adicionados na tela se destaca no canto superior da tela do GamePad (finalmente uma boa utilidade). Dessa vez, o controle é peça essencial no título, sendo que seu display serve como a maneira principal de interação com os elementos disponíveis.

Super Mario Maker Análise
Fonte da imagem: Nintendo

Durante a construção de um cenário, além de realizar mudanças e decidir o posicionamento de inimigos, você também pode mudar o estilo de jogo e a ambientação com um simples toque na Stylus. Atualmente, diversos elementos disponíveis possuem versões alternativas que são reveladas conforme o jogador os “mexem rapidamente” usando a caneta Stylus, que acompanha o Nintendo Wii U.

Além disso, o mais interessante é que você é livre para testar o funcionamento de suas fases, o que permite ajustar quesitos como a altura de uma plataforma ou o local em que um determinado item deve estar, para assegurar que a experiência obtida será a desejada. A transição entre os momentos de edição e jogatina acontece de forma praticamente imediata, o que dispensa “loads” demorados.

Super Mario Maker Gameplay Wii U
Fonte da imagem: Nintendo

Agora, se você estiver cansado de desenvolver suas próprias fases, há a opção de jogar as fases criadas pela própria Nintendo no modo 10 Mario Challenge. Nele, o player possui apenas 10 vidas para passar por oito cenários diferentes, organizados de maneira totalmente aleatória (random), sem a chance de salvar seu progresso.

No entanto, há grandes chances de que você decida deixar esse modo completamente de lado e gaste todo seu tempo conferindo as ideias desenvolvidas por outros gamers. Além disso, Super Mario Maker conta com um modo online bem robusto — que permite descobrir fases separadas por temas, nível de popularidade e região de criação, entre outros parâmetros definidos pelo próprio jogador.

Além de jogar sem qualquer restrição disponível, você também pode fazer o download daqueles que considerar mais interessantes. Uma vantagem nesse sentido é a possibilidade de editar por conta própria qualquer fase feita por outro player, seja para adicionar mais elementos ou apenas para entender as combinações de elementos utilizadas na criação de determina experiência, por exemplo.

Super Mario Maker Gameplay Wii U
Fonte da imagem: Nintendo

Quem cansar de escolher conteúdos por conta própria pode apostar no modo 100 Mario Challenge para descobrir fases por conta própria. Essa opção oferece 100 vidas para que você chegue ao final de uma quantidade extensa de fases (cujo número é atrelado à dificuldade selecionada), escolhidas aleatoriamente entre as opções disponibilizadas pela comunidade Maker.

Nossa Opinião
  • Gráficos - 10/10
    10/10
  • Jogabilidade - 10/10
    10/10
  • Áudio - 10/10
    10/10
  • Multiplayer - 10/10
    10/10
  • Diversão - 10/10
    10/10

Conclusão

O game é aquele gênero clássico foi construído com bastante carinho e atenção. É difícil encontrar o que questionar no game, visto que ele oferece o melhor criador de fases (maker) já construído até então e prova que, usado da maneira adequada, o GamePad do Nintendo Wii U é um instrumento essencial para a junção de experiências que não podem ser encontradas em nenhuma plataforma concorrente.

Com tantas opções, Super Mario Maker pode ser considerado é uma adição obrigatória a qualquer biblioteca do Nintendo Wii U. Graças a uma comunidade extremamente ativa, o título tende a ficar cada vez melhor (sem dúvidas), ganhando em variedade e qualidade conforme o tempo passa — um jeito praticamente perfeito de comemorar os 30 anos de uma das franquias mais adoradas do mundo dos games.

10/10

E você, o que acha de “Super Mario Maker”? Diga nos comentários! 🙂

Imagem: Nintendo

  • Pedro Gouvea

    Esse jogo é realmente 10!! Para comprá-lo tive de comprar via on-line, infelizmente no Brasil não tem disponível, e os importadora ultrapassam R$ 299,90 (!!!!), o que é surreal…

    Excelente análise!

Games
@tfxbrasil

Tenho 18 anos, Fundador & CEO do TFX Startup, uma empresa com produtos, serviços e projetos inovadores. Meu primeiro empreendimento foi aos 10 anos utilizando conexão dial-up (discada).

Veja também outras matérias relacionadas a Games:

Review: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Juan de Souza04/07/2017

Review: Carros 3: Correndo para Vencer

Juan de Souza22/06/2017

Os 8 bugs mais esquisitos da história dos games

Juan de Souza12/06/2017

Os maiores clássicos do Super Nintendo

Juan de Souza01/06/2017

The Legend of Zelda: veja as curiosidades

Juan de Souza19/05/2017

Nostalgia: Nintendo 64

Juan de Souza12/05/2017