Curiosidades

Deixar o PC ligado muito tempo estraga?

Será que o PC estraga ao ficar por um grande período sem desligar? Nós também tínhamos esta dúvida, por isso fomos pesquisar e agora contamos o que descobrimos. As informações são divergentes, não há consenso sobre qual a melhor estratégia e o que vale é a experiência do próprio usuário. Segundo alguns relatos é melhor evitar desligar várias vezes o seu computador, para outros é necessário economizar a vida dos componentes com desligamentos regulares. Mas por que isso?

Apple MacBook Pro modelo 2016
Imagem/Reprodução: iMore

De acordo com alguns usuários e especialistas no segmento, o melhor é desligar o menor número de vezes possível, pois o equipamento desgasta mais com o ciclo liga-desliga, do que com um estado de constância de funcionamento por vários dias ou meses seguidos. O vital neste processo é que você mantenha seu PC sempre bem ventilado, com coolers de acordo às suas necessidades. Se você joga muito, por exemplo, seu PC esquentará mais que o computador da sua mãe que usa o Word ou Google Docs. Nesse caso será necessária uma refrigeração de qualidade, e então, poderá ficar por dias a fio sem um shutdown.

Além disso, uma limpeza nesse caso será de extrema necessidade. Abrir, limpar e retirar a poeira acumulada vai fazer seu cooler girar perfeitamente e dar a refrigeração necessária. Em último caso abra sua CPU e coloque um ventilador virado para o hardware, hardcore gamers irão entender.

Mas e por que estamos batendo tanto na “tecla” da temperatura do PC? Porque o problema não é ele ficar ligado, e sim o aquecimento que será gerado a partir disso. E isso sim inspira cuidados, pois o sistema tem um mecanismo de autodefesa em que, ao atingir certa temperatura, ele desligará automaticamente, podendo ocorrer perda de dados, queima de peças, entre outros fatores. Aliás, somente o fato de ele esquentar muito durante o uso já poderá gerar danos à máquina.

Laptop Apple Imagem em Full HD
Imagem/Reprodução: Macworld

O computador é uma máquina e como tal, foi projetado e construído para funcionar, correto? No entanto, alguns “reinícios” de sistema serão necessários às vezes. Quando? No mínimo todas as 2ª terças-feiras de cada mês. E por que esse dia? Porque é o dia em que a Microsoft lança as atualizações automáticas no Windows Update, e após instalá-las, será necessário reiniciar o computador para que elas entrem em vigor.

Ainda assim, é altamente recomendado que você reinicie seu computador periodicamente para limpar a Memória RAM. Após muito tempo ligado é normal que a memória acumule “arquivos temporários“, proveniente dos softwares e aplicações abertas por você e pelo sistema, ocasionando a lentidão do PC. Reiniciá-lo torná-lo-á rápido novamente.

Um outro problema que pode ser causado pelo uso constante da máquina é o monitor “gravar” imagens que são exibidas por muito tempo. Esse problema se chama “Burn in” (do inglês “queimar”, pois o defeito é causado pelo superaquecimento e queima dos pixels da região) e acontece principalmente com computadores de estabelecimentos 24 horas, que ficam sempre exibindo a mesma imagem estática.

Efeito Burn in nos Monitores
Imagem/Reprodução: Lifehacker

Mas não pense que os usuários domésticos estão livres, pelo contrário, se você está sempre navegando pela internet ou conectado ao Facebook, pode ser que seu monitor “grave” a barra lateral de rolagem, por exemplo. Para evitar isso é que a função da proteção de tela foi inventada. Bom, se você vai deixar seu PC ligado por muito tempo, ao menos desligue o monitor e não tenha essa preocupação a toa.

Em relação aos servidores, não se preocupe, os servidores tem peças especiais, como “super” SSDs, projetados para NUNCA serem desligados. O máximo de dano que pode ocorrer nestas grandes máquinas é a queima de algum cooler e/ou a necessidade da substituição. Não mais do que isso.

E quanto aos laptops em geral? Bem, se você usa somente o computador móvel, ressaltamos que as precauções devem ser as mesmas, ou melhor, serem ainda maiores. Quanto ao tão falado aquecimento da máquina, cuide sempre da saída do cooler, por onde o notebook libera o ar quente e evita que seus componentes estraguem. A saída fica geralmente nas laterais do laptop, justamente para não ser obstruída, o problema é que muitas vezes usamos algumas pessoas o utilizam na cama, por exemplo, e sem querer, as cobertas trancam a saída do ar, evitando que o ar quente saia, acumulando dentro da máquina e gerando danos.

Cuidados Notebooks Aquecimento
Imagem/Reprodução: HuffPost Tech UK

Uma dica essencial para não acabar com a duração da sua bateria é você utilizar o notebook sempre ligado à tomada quando estiver em casa ou em algum lugar que possa ligá-lo à energia. Isso acontece porque a bateria tem tantos ciclos de carga, ou seja, se a sua vida útil for de 1.300 ciclos, após descarregar e carregar 1.300 vezes (100%) ela estará totalmente “vencida”, oferecendo quase nada de autonomia. E se você for ainda mais radical, quando estiver com o notebook na tomada, retire a bateria da máquina. Sim, é possível e o notebook funcionará perfeitamente, já que a bateria não será necessária, evitando qualquer tipo de aquecimento e dano na vida útil da mesma. No entanto, você deve se atentar a eventuais falhas elétricas do ambiente, que podem fazer com que o laptop desligue imediatamente e informações sejam perdidas.

E você, qual sua opinião e qual a sua experiência? Costuma desligar periodicamente? Deixa sempre ligado? Notou problemas por causa disto? Conte-nos nos comentários, logo abaixo.

Fonte: Digital Unite
Imagem: IgLou Services

Curiosidades
@tfxbrasil

Meu nome é Juan de Souza, tenho 17 anos de idade, sou o Fundador e CEO do TFX Startup, uma empresa com serviços e projetos inovadores, com o foco no Brasil e em outros países da América.

Veja também outras matérias relacionadas a Curiosidades:

Os 8 bugs mais esquisitos da história dos games

Juan de Souza12/06/2017

Por que o mascote do Linux é um pinguim?

Juan de Souza15/05/2017

Nostalgia: Nintendo 64

Juan de Souza12/05/2017

Benefícios científicos de jogar videogames

Juan de Souza03/05/2017

Canais no YouTube para aprender Inglês

Juan de Souza05/01/2017

Curiosidade: As cenas reutilizadas da Disney

Juan de Souza18/10/2016